Parar de Fumar

Parar de Fumar

parar de fumar

Os maiores motivos de recaídas. Fuja do fantasma da recaída.

Já ouvi de vários fumantes.
– Se eu conseguir ficar um dia sequer sem fumar, eu não volto nunca mais!
– Fulano ficou três meses sem fumar e recaiu, se fosse eu, não fumaria jamais!

Conforme pesquisas recentes, mais de 80% dos fumantes pretendem parar de fumar, muitos conseguirão parar, mas poucos se manterão abstêmios e se tornarão ex-fumantes.

Parar de fumar é fácil, basta apagar seu último cigarro. Manter-se sem fumar é o maior desafio do ex-fumante e requer muita força de vontade, persistência e superação.

As maiores causas de recaídas são:
O excesso de confiança ocorre depois de alguns meses sem fumar, o ex-fumante resolve “brincar” com cigarros, a princípio ela acha o cheiro e o gosto horríveis, na maioria das vezes ele não consegue sequer fumar um cigarro inteiro. Então ele conclui:
-Já que não gostei, posso fumar um cigarro esporadicamente, que não vou mais ficar viciado.
Tarde demais, ele forneceu nicotina ao seu corpo e caiu na mesma armadilha que o havia pego anteriormente, agora a tendência é um aumento progressivo de cigarros e o retorno ao vicio é questão de tempo.

Outro motivo de recaídas é a ilusão do companheiro das horas alegres e difíceis, normalmente acontece durante comemorações ou momentos alegres e festivos, o ex-fumante resolve fumar só “unzinho”, fato que é muito corriqueiro devido à ingestão de bebidas alcoólicas. Também quando ocorre em momentos estressantes, uma fatalidade ou simplesmente por alteração de humor. Lembre-se que fumar não vai te trazer mais alegrias e nem resolver nenhum problema, pelo contrário, só fará com que você jogue todo seu esforço e superação por água abaixo e tenha que reiniciar todo o processo.

Vale ressaltar que quanto mais fácil for para parar de fumar, mais fácil será para recair, por isso muito cuidado!

Author: marozo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *