Hipertensão

Hipertensão

Doença silenciosa, pode ser fatal se não for diagnosticada cedo. Para pessoas que não são hipertensas devem consultar a pressão pelo menos uma vez ao ano e as que já têm o sintoma, deve haver um controle em menos tempo. A hipertensão atinge cerca de 20 a 30% dos brasileiros, o coração é capaz de bombear de 5 a 6 litros por minuto para todo o corpo e esse trabalho gera uma pressão chamada arterial, pois acontece na artéria, aonde circula o sangue e o oxigênio, a pressão é considerada alta quando o sangue é bombeado pelo coração e vasos com uma força maior do que a necessária.

Hipertensão

Pressão sistólica: representa a pressão máxima do coração, no momento em que o coração está totalmente contraído durante a batida, é considerada alta quando igual ou maior 140.

Pressão diastólica: quando o coração está em descanso, essa é considerada igual ou maior que 90.

a pressão arterial considerada boa, seria abaixo 13/8 acima disso já é considera alta, pode gerar problemas, quando não tratado é a principal causa de problemas no coração. Na grande maioria dos casos se manifesta em pessoas com excesso de peso e falta de exercícios físicos, mas nem sempre. A doença não escolhe cor, homem ou mulher, idoso ou jovem. Tabagismo, sedentarismo e obesidade são fatores que ajudam.

Perigos ao não controlar

Pode causar problemas na retina, derrame, avc, problema no coração, levando a ter falta de ar desconforto nas atividades diárias, insuficiência renal. O investimento para prevenção é fundamental alguns bons cuidados para se tomar é fugir do sal, preferir alimentos menos gordurosos, praticar atividades físicas e acompanhar com o médico, não fumar e consumir álcool moderadamente, além dos cuidados padrões e fazer complementação alimentar.

Se você sofre de insonia Clique aqui e descubra como se curar.

Dúvidas freqüentes:

Quem tem pressão alta tem que tomar medicamentos pela vida toda?
Sim, a medicação deve ser usada para ser controlada sempre, e tomar outras atitudes para que se possa quantidades menores de medicamentos.

Quantidade de sal que um hipertenso pode ingerir por dia?
6 gramas de sal é o máximo que um hipertenso pode consumir.

Comer carne vermelha pode elevar a hipertensão?
Não, desde que seja carne magra (sem gordura).

Existe alguma diferença padrão entre a mínima e a máxima?
Não, somente se for muito próxima é que pode significar um problema cardíaco.

hipertensão arterial

Alguns fatores que contribuem para o Aparecimento da Hipertensão Arterial

Devido ao pouco entendimento que os cientistas tem sobre a causa da hipertensão arterial, é difícil estabelecer uma forma de prevení-la. Cerca de 90% dos casos de hipertensão arterial não tem causa conhecida. O que se sabe, é que existem diversos fatores que contribuem para o aparecimento da mesma. A seguir estão listados alguns dos fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da hipertensão arterial. Ao lado, a situação (status) deste fator em termos de ser evitável ou inevitável.

CONSUMO EXAGERADO DE SAL – pode fazer com que o corpo absorva água adicional dos tecidos para dentro dos vasos, obrigando o coração a trabalhar com maior esforço, devido a maior quantidade de líquido para bombear. Devido ao alto consumo de sal, muitas pessoas ficam hipertensas e logo são colocadas em regimes de dieta com pouco ou sem sal. O seu médico poderá pedir que siga uma dieta destas. É importante que você siga esta recomendação, em alguns casos o controle da hipertensão arterial é obtido com esta medida.

OBESIDADE – alguns estudos demonstraram que estar acima do peso corporal ideal pode provocar mudanças nos níveis da pressão arterial. Se você deseja saber qual é o seu peso ideal, use a fórmula abaixo:

HOMEM Peso Ideal= altura (cm) – 100 +/- 10%
MULHER Peso Ideal= altura (cm) -100 – 5% +/- 10%

SEDENTARISMO – é quando uma pessoa tem pouca ou nenhuma atividade física. Este fator contribui para o aumento de peso e por conseguinte para o aumento da pressão arterial. Fazer exercícios físicos regulares ajuda a reduzir a hipertensão, bem como reduz o risco para doenças no coração. Não tenha medo de fazer exercícios, mas antes consulte um médico e faça uma avaliação física se você estiver há muito tempo inativo.

TABAGISMO – é o hábito de fumar. A nicotina e outros produtos encontrados no cigarro, são responsáveis pelo aumento na produção de adrenalina pela glândula supra-renal. Quando isto ocorre, a pressão arterial sobe.

HEREDITARIEDADE – é uma herança genética que uma pessoa pode carregar consigo, portanto não há como eliminá-lo.

RAÇA – pessoas de cor negra são mais propensas a ter hipertensão arterial do que pessoas de cor branca.

SEXO – a hipertensão acomete mais homens do que mulheres, nos maioria dos homens até os 50 anos e nas mulheres após.

IDADE – o avançar da idade faz com que as artérias percam suas características de elasticidade, isto é, vão ficando endurecidas. Isto favorece o aparecimento da hipertensão arterial.

USO DE CONTRACEPTIVOS – alguns anticoncepcionais quando usados por longo período, podem causar a hipertensão. Estatísticas afirmam que a hipertensão arterial é de 2 a 3 vezes mais frequente em mulheres que usam anticoncepcionais do que em mulheres que não usam. Para controlar este fator de risco, converse com seu médico ou um enfermeiro, afim de receber a orientação quanto à escolha do anticoncepcional adequado ou outros métodos anticoncepcionais.

Hipertensão Arterial Sistêmica