Escabiose

Escabiose

Nos últimos anos, a situação da saúde em nosso país tornou-se complexa devido à disponibilidade limitada de água ou a vida de armazenamento de líquidos, o que provoca a proliferação de insetos portadores de doenças. Além disso, a dificuldade de acesso para se obter produtos de uso diário básicos, tais como sabonetes, cremes e outros produtos essenciais na área da dermatologia, levou a uma proliferação de um número de doenças de pele, inclusive a escabiose ou sarna.

escabiose

Com a chegada do inverno muitas doenças de pele se manifestam, uma delas é a Escabiose que é uma doença altamente infecciosa causada pelo parasita Sarcoptes scabie. Este parasita se alimenta pela queratina, proteína que constitui a camada superficial da pele.

Este ácaro faz um ciclo dentro do corpo humano, este que iniciasse com a penetração da fêmea já fecundada, formando túneis onde vai eliminar seus óvulos que eclodiram em  15 dias, dando surgimento a novos parasitas.

Sarna Humana

Esta doença causa bolhas com água e acontecendo uma coceira irritante, e é muito frequente em casos dermatológicos. O principal sintoma é a coceira noturna que normalmente afeta vários membros de uma família ou comunidade fechada. Inicialmente, é localizado e em poucos dias. Provavelmente devido à sensibilidade aos antígenos de ácaros.

o que é escabiose

As lesões patognomônicas são uma elevação linear da pele de poucos milímetros em comprimento correspondente ao túnel sub-córneo cavado pelo ácaro fêmea, capaz de movimentar cerca de 5 mm em cada dia. Em pequenas crianças, são frequentemente observadas pápulas, pústulas e vesículas. As áreas afetadas são os espaços inter-digitais mãos,os pulsos, as nádegas, a área genital e aréola mamária.

Também conhecida como sarna ela também acontece com os cães.  Ela é transmitida por contato pessoa a pessoa, sexual, por roupas de pessoas que já estão contaminadas com alguém que não esteja possibilitando a transmissão. É comum a doença ser encontrada em aglomerações de pessoas, como por exemplo, creches, presídios, hospitais, entre outros lugares.

Escabiose – Transmissão

Quando uma criança estiver com a doença é bom não ir à escola, pois ela pode estar botando em risco outras crianças a serem contaminadas. As roupas que forem utilizadas pelos contaminados devem ser lavadas separadamente e passadas com ferro quente, para conseguir matar os ácaros ali presentes.

Escabiose é uma infecção parasitária da pele que afeta ambos os cães selvagens e domésticos.Os cães podem obter duas formas da doença: sarna demodécica e sarna sarcóptica. Destes dois, sarcóptica é a única forma que é zoonótica, ou transmissível aos seres humanos. A escabiose demodécica e a sarcóptica  se apresentam com sintomas semelhantes aos dos donos, e devem procurar um diagnóstico de um veterinário qualificado, e um médico humano, para não espalharem para outros cães ou seres humanos. Felizmente, sarna é relativamente fácil de tratar cães e seres humanos. Embora prurido pode persistir por várias semanas, a infestação normalmente é removido rapidamente.

Transmissão de Cães para Seres Humanos

Existem muitas formas diferentes de sarna sarcóptica. Os tipos de sarna sarcóptica que afetam cães geralmente causam apenas infecções leves em seres humanos. No entanto, a transmissão do parasita de um ser humano para o animal de estimação continua a sendo possível, especialmente para aquelas pessoas que têm contato físico frequente com seus animais de estimação

sarna humana canina

Os sintomas da sarna em humanos

Em humanos, os parasitas causam comichão que geralmente piora à noite. Eles podem ser distinguidos de outros tipos de erupções cutâneas, tais como o eczema e dermatite, uma vez que fazem linhas finas feitas por pequenas saliências, semelhante à formação de bolhas. Estas linhas são caminhos feitos por pelos ácaros. Em adultos, as erupções causadas por ácaros geralmente aparecem nas dobras de pele, interior cotovelos, joelhos, punhos, nádegas, órgãos genitais e seios. Em crianças, muitas vezes eles aparecem ao redor da face, couro cabeludo e pescoço. Ácaros também afetam as palmas das mãos e solas dos pés.

Prevenção

Se um cão está infectado por qualquer tipo de sarna deve ser tratada rapidamente. Isto minimiza o desconforto do cão e ajuda a evitar a sarna ser transmitida aos seres humanos. A maioria dos veterinários recomenda tratar todos os cães na casa que tiveram um surto de sarna, porque a doença também pode ser contagiosa. As pessoas devem evitar o contato, abraçar ou compartilhar a cama com um cão que tem sarna sarcóptica, e a cama do cão deve ser mudada e limpa regularmente. A infecção se espalha facilmente de humano para humano se não tomarem nenhuma precaução extra, se alguém da família estiver infectado com o parasita.

Clique aqui e veja tudo sobre Hanseníase

Tratamento da Escabiose

Para os cães, um composto chamado ivermectina é o tratamento mais eficaz para a sarna. No entanto, muitos tipos de cães tipo pastoreio (especialmente Collie) são muito sensíveis à droga e pode ter reações mortais para ele. A droga mais comum para os seres humanos é a permetrina. Mesmo que matando os ácaros da sarna rapidamente, pode levar semanas ou meses para a irritação da pele sumir completamente. Alguns remédios caseiros, como banhos de aveia e loção de calamina podem ajudar a aliviar a coceira, mas por si só não vai eliminar infecção da sarna.

Author: marozo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *