Dieta Alcalina

Dieta Alcalina – Breve História

dieta alcalina

A verdade é que a ideia pode ser muito antiga, ela é frequentemente citada pelo biólogo francês Claude Bernard que forneceu a clássica observação desse efeito no século XIX, quando ele descobriu que mudar a dieta de coelhos herbívoros para uma dieta carnívora, mudou a urina de alcalina para muito ácida. Encorajadas por essas observações, pesquisas subsequentes focaram nas propriedades químicas e na acidez dos componentes dos restos de comida queimada em um calorímetro de bomba, descrito como cinza. A “hipótese de cinzas dieta” proposto que estes alimentos, quando metabolizado, deixariam umas “cinzas ácidas” como ou “cinza alcalina” no corpo, como os produzidos durante a combustão.

Os nutricionistas começaram a refinar essa hipótese no século 20, enfatizando o papel de partículas carregadas negativamente (ânions) e partículas carregadas positivamente (cátions) nos alimentos.

Uma dieta alcalina é uma dieta que enfatiza, em um grau variável, frutas frescas, vegetais, raízes e tubérculos, nozes e legumes. Também é conhecida como a dieta ácida alcalina.

O argumento também é baseado na própria história evolutiva da espécie humana. Nossos ancestrais caçadores coletores consumiram uma dieta muito diferente do que é “típico” hoje em dia. Esta dieta foi baseada em alimentos minimamente processados de origem vegetal e animal. No entanto, com o advento da agricultura, a dieta padrão mudou muito.

Os grãos são introduzidos na dieta após o aparecimento de ferramentas de pedra. Grãos refinados estavam disponíveis após a invenção de dispositivos automáticos de laminação e peneiramento. Leite, queijo e outros produtos lácteos foram introduzidos com a domesticação do gado. O consumo de sal aumentou com a tecnologia de conservação, processamento e transporte que possibilitou a disponibilidade de alimentos por mais tempo.

O consumo de carne aumentou com a criação de animais. Aumentou ainda mais com o advento da tecnologia que permitiu que o gado fosse alimentado “eficientemente” com grãos. Isso permitiu que o gado fosse engordado rapidamente.

O consumo de açúcar aumentou desde o início da Revolução Industrial.

Todos os alimentos que comemos, depois de digeridos, absorvidos e metabolizados, liberam um ácido ou uma base alcalina (bicarbonato) no sangue. Cereais, peixe, carne, aves, frutos do mar, queijo, leite e sal produzem ácidos, então a introdução e o aumento dramático no consumo desses alimentos fizeram com que a típica dieta ocidental se tornasse mais produtora de ácido. O consumo de frutas e vegetais frescos foi reduzido, o que também fez com que a dieta ocidental produzisse mais e mais ácido.

O consumo de uma dieta alcalina faz com que o organismo consiga o alimento para o qual ele é preparado evolutivamente e não aquele que é o produto de uma dieta industrializada.

Low Carb

Low Carb significado

low carb o que é

Do inglês, “Low-Carb” significa baixo carboidrato. Não se trata propriamente de uma dieta, como ficou popularmente conhecida com as Dietas Atkins e Dukan, mas sim de um novo comportamento nutricional que vem sendo assimilado e estudado desde a década de 60 com o objetivo de combater a obesidade e favorecer um estilo de vida mais saudável.

Low Carb O que é?

Com quase 50 anos de pesquisas, as dietas de baixo carboidrato ainda dividem opiniões de especialistas, mas seus resultados benéficos são inegáveis quando praticadas de maneira correta em longo prazo.
Se você está tendo o primeiro contato com o conceito de Dieta Low-Carb agora, e pretende adotar esse novo estilo de vida, meu conselho é: informe-se! Leia bastante e veja opiniões de especialistas, entenda melhor o processo químico que ocorre no organismo com a falta dos carboidratos e só depois tome a decisão de maneira consciente. Nascemos numa sociedade que nos ensinou e nos estimulou desde a tenra infância ao consumo abundante desse nutriente, e abandoná-lo não é tarefa fácil.

Low Carb paleo

Quando falo que se trata de um novo estilo de vida não o digo com exageros, porque um dos primeiros impactos que sofrerá, será em sua vida social. Sabe aquela cervejinha, a pizza e o refrigerante do final de semana com os amigos? Acabou! E a pipoquinha do cinema? Nem pensar. O bolinho de fubá na casa da vovó e os docinhos da mamãe também não farão mais parte da sua vida. Ser Low-Carb é antes de tudo compreender o mal que esses alimentos fazem a nossa saúde, e abster-se deles implica em muita força de vontade. É como libertar-se de um vício, assim como um alcoólatra quando tenta parar de beber, mas com um agravante. Enquanto o alcoólatra tem o apoio dos amigos e da família, por reconhecer o álcool como droga, ao tentar libertar-se dos carboidratos você provavelmente ouvirá o contrario. Pensarão que é loucura, que você vai ficar fraco e doente, e tentarão de todas as maneiras te convencerem que é errado, e que o correto é uma dieta com restrições de calorias. Afinal de contas, é o que “todo mundo diz”, então saiba que adotar um estilo de vida Low-Carb é literalmente remar contra a maré.

low carb

Low Carb Brasil

Mas saiba que não estamos sós, a comunidade Low Carb cresce a cada dia, pesquisas científicas que reiteram os benefícios desse comportamento alimentar pipocam pelo mundo todos os dias, e governos como o da Suécia já promovem e incentivam essa alimentação. Quebrar paradigmas nunca foi fácil, ainda mais se tratando de ciência e nutrição.

Se você está decidido a encarar esta mudança de hábitos ou ficou ainda mais curioso, conheça agora os 6 princípios básicos dessa revolução alimentar.

1 – Em primeiríssimo lugar, desconstrua por completo o conceito de calorias. Saber quantas calorias tem em cada alimento não te ajudará a emagrecer. Isso porque o total de calorias é calculado com a soma de carboidratos, gorduras e proteínas. A maioria dos produtos light e Diet têm a quantidade de gordura reduzida, mas o mesmo não acontece com a quantidade de carboidratos. Fique atento a tabela nutricional dos alimentos.

2 – Gordura não engorda. O que produz obesidade é o hiperinsulinismo (aumento da produção de insulina no sangue), que é ativado toda vez que comemos alimentos ricos em carboidratos. Na falta desse nutriente nosso corpo entra em Cetose, processo químico que transforma gorduras e proteínas em glicose, que é a fonte de energia que precisamos para viver.

3 – Mantenha seu consumo diário de carboidratos entre 0 e 60 gramas por dia, priorizando a ingestão deles em forma de frutas, que são ricas em vitaminas e sais minerais. Mas existem regras para consumir frutas, e nem todas estão liberadas. Em breve dedicarei um artigo exclusivo sobre elas. Caso queira perder peso mais rápido e queira manter seu nível diário de carboidratos zerado, é importante consumir algum tipo de polivitamínico.

4 – Beba muita água. Uma dieta rica em proteínas Low Carb favorece a diurese, por isso se perde tanto peso nas primeiras semanas, o corpo literalmente desincha, pois o consumo elevado de carboidratos favorece a retenção de líquidos, além do que, o processo cetogênico libera toxinas que precisam ser eliminadas.

5 – Não desanime nas primeiras semanas. O início do processo cetogênico pode trazer alguns sintomas desagradáveis que devem ser encarados como um processo de abstinência. Seu organismo estará em transição energética, trocando a fonte primária de glicose vinda dos carboidratos para a secundária, que são as gorduras e proteínas. Nesse processo você poderá sentir tonturas, desânimo e cansaço, além de muita fome. Mas não confunda isso com fraqueza, você não irá desmaiar, é seu corpo reagindo a falta de algo que passou a vida inteira acostumado a ter em abundância. Não passe fome, isso é fundamental! Coma sempre que tiver vontade (apenas os alimentos permitidos), seu corpo precisa entender que não está faltando comida para aceitar o processo cetogênico de maneira natural. A fome diminui significativamente a partir do terceiro dia, e em até 2 semanas já consegue atingir o equilíbrio.

6 – Exercícios físicos não são essenciais para o processo de emagrecimento, mas a musculação moderada é aconselhável para não perder musculatura a longo prazo, já que são eles os responsáveis por manter o metabolismo em bons níveis, além de dar um contorno estético melhor ao corpo.

Seguindo essas dicas já da pra iniciar o processo com segurança, mas como eu disse, informação é fundamental. Pesquise receitas Low-Carbs diferentes, principalmente para os lanches e sobremesas, pois no início a vontade de comer doce é quase incontrolável.

Observação: Portadores do diabetes, hipoglicemia e patologias dos rins e fígado devem consultar o médico antes de iniciar essa mudança por conta própria. O estilo de vida Low-Carb não causa danos a saúde de pessoas saudáveis, mas com a pré-existência de alguma dessas doenças, a dieta poderá potencializá-las.

Dieta Japonesa

Cardápio Dieta Japonesa

Em primeiro lugar é preciso deixar claro que a Dieta Japonesa, é uma dieta como qualquer outra, então se você imaginou que iria emagrecer comendo shis, sashimis e temakis, pode esquecer essa ideia. Mas, agora falando sério, a Dieta Japonesa consiste em um cardápio que combina na medida certa a ingestão de verduras, frutas, legumes e proteína animal.

dieta japonesa como funciona

 

Com essa dieta é possível emagrecer até 6 Kg em uma semana. Claro que para que isso seja possível, a Dieta Japonesa possui um cardápio bastante rígido e deve ser seguido à risca para ter um bom resultado. Durante a dieta será cortado a ingestão de carboidratos e ingestão de proteína animal será favorecida. Além disso a Dieta Japonesa restringe bastante a sua alimentação, fazendo com que poucas pessoas realmente aguentem levar a dieta até o final.

Dieta Japonesa

Portanto antes de começar a Dieta Japonesa é preciso estar preparada para lidar com a fome e seus efeitos colaterais.

Alimentos permitidos:

Carne vermelha, frango, peixes, verduras, frutas, lacticínios, ovos, biscoito de água e sal, chás, café e outros alimentos leves.

Cardápio da Dieta Japonesa

Veja a seguir um exemplo de cardápio que se seguido à risca, pode fazer você emagrecer até 6 Kg em uma semana.

dieta japonesa cardapio

Café da manhã Almoço Jantar
Segunda-feira Café ou chá com adoçante; Dois ovos cozidos com sal e verduras; Um bife grande, salada de pepino e alface.
Terça-feira Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal; Verduras, frutas e um bife grande; Apenas presunto à vontade.
Quarta-feira Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal; Dois ovos cozidos, salada e tomate à vontade; Salada de repolho, cenoura e chuchu à vontade.
Quinta-feira Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal; Um ovo cozido, cenoura crua ou cozida à vontade e uma fatia de queijo mussarela; Salada de fruta à vontade e um iogurte natural.
Sexta-feira Café ou chá com biscoito água e sal; Tomate à vontade e filé de peixe frito; Bife e salada de frutas à vontade.
Sábado Café ou chá com biscoito água e sal; Frango assado à vontade; Dois ovos cozidos com sal.
Domingo Café ou chá com biscoito água e sal; Um bife grande e frutas à vontade; Comer o que quiser das opções desse regime.

Lembre-se que antes de começar um dieta, principalmente um tão restritiva como a Dieta Japonesa, é muito importante consultar um médico ou nutricionista para te orientar.

Cuidado com o efeito sanfona

É muito importante deixar claro que com a Dieta Japonesa você não perderá apenas gordura, boa parte de massa magra e líquidos farão parte desses 6kg perdidos. Por isso é bastante comum engordar novamente após o término da dieta. Por isso é importante manter uma alimentação equilibrada e saudável após esses 7 dias de dieta para tentar não ganhar toda a gordura perdida novamente.

Já se você começar comer sem se preocupar com a qualidade de sua alimentação, é bem provável que você ganhe até mais peso do que perdeu, e rapidamente.

Dieta da Sopa

Todos os dias surgem pelo mundo inúmeras dietas que prometem fazer você emagrecer rapidamente, porém poucas delas se monstram realmente eficientes e continuam sendo populares por muitos anos. Uma das dietas que sempre está em alta é a Dieta da Sopa do Hospital do Coração.

receita da sopa

Existem diversas variação da dieta da sopa, porém todas seguem o mesmo princípio, o que varia mesmo é o cardápio de sopas. Mas, a mais popular e utilizada é a Dieta da Sopa do Hospital do Coração. Essa dieta foi desenvolvida por pesquisadores da USP e combina alimentos com alto teor de nutrientes necessários para o bom funcionamento de nosso corpo, além de promover uma redução rápida de peso.

Sopa para Emagrecer

A Dieta da Sopa foi criada originalmente para pacientes com problemas cardíacos, que necessitavam de uma rápida redução de peso antes de passar por um cirurgia.

Devido a sua função de fazer perder peso rapidamente e da credibilidade por ter sido criada pelo pesquisadores da USP, a dieta da sopa logo passou a figurar entre as mais utilizadas por quem deseja emagrecer de forma rápida.

A dieta consiste basicamente em trocar as principais refeições do dia (almoço e jantar) pelas sopas, que são preparadas com legumes e verduras.

Veja também tudo sobre a Dieta 

Prós e Contras da Dieta da Sopa

Prós

  • A dieta é formada por alimentos fontes de vitaminas e minerais;
  • Perda de peso rápida;
  • As sopas não sobrecarregam a digestão, portanto são ótimas para o período noturno;
  • Ajuda a combater o colesterol;
  • Melhora o funcionamento do intestino, além de ter função diurética.

Contras

  • Você não perderá apenas gordura, água e músculos também são reduzidos;
  • É uma dieta pobre em calorias;
  • Você pode sentir tontura, fraqueza, dores de cabeça, cansaço e indisposição devido à baixa ingestão de carboidratos.

dieta da sopa

Como fazer a dieta da sopa? Cardápio e alimentos permitidos.

Durante sete dias você deve seguir o cardápio da dieta tomando a sopa no almoço e jantar. Se for feito corretamente você conseguirá perder até 7 Kg nesse período. É importante ressaltar que não se deve continuar a dieta por mais dias. Isso porque ela é uma dieta pobre em calorias, portanto fornece uma baixa quantidade de energia, inferior à ideal para um indivíduo adulto. Caso ache necessário fazer novamente a dieta da sopa, espere cerca de 15 antes antes de começar novamente.

Receita da Sopa

Para não ficar extremamente enjoativo tomar a mesma sopa, duas vezes ao dia, todos os dias, nós separamos 3 opções de sopas para você variar um pouco seu cardápio:

Opção 1

Ingredientes

  • 1 aipo (metade se for grande)
  • 2 cenouras
  • 1 berinjela
  • 2 nabos
  • 4 jilós grandes
  • 2 tomates
  • 1 repolho grande
  • 2 maços de cheiro verde e agrião
  • 2 pimentões
  • 2 xícaras de vagem picada
  • 2 folhas de louro
  • 2 tabletes de caldo de legumes
  • sal e pimenta do reino
  • 3 dentes de alho

Modo de Preparo

Corte os legumes em pedaços pequeno, pique o cheiro verde e as folhas de aipo. Coloque tudo em uma panela com água, os tabletes de legumes, sal e pimenta do reino. Leve ao fogo e cozinhe até os legumes ficarem macios.

Opção 2

Ingredientes

  • 1 berinjela
  • 2 cenouras
  • 2 nabos
  • 3 pimentões coloridos
  • ½ repolho roxo
  • 1 caixinha de molho de tomate
  • 1 xícara (chá) de vagem picada
  • 1 tablete de caldo light de galinha ou carne
  • 1 envelope de sopa de cebola
  • cheiro verde e salsão a gosto
  • 1 colher (chá) de pimenta branca

Modo de Preparo

Cozinhe todos os legumes e reserve. Em outra panela, dilua a sopa de pacote e o molho de tomate em 1 ½ litro de água. Leve ao fogo e quando ferver, acrescente os legumes e sirva.

Opção 3

Ingredientes

  • 1 maço de espinafre ou couve
  • 1 chuchu cortado em pedaços
  • 3 inhames ou batata doce
  • 2 xícara chá de abóbora em cubos
  • cebola, alho e sal a gosto
  • meio peito de frango
  • 1 colher sobremesa de azeite de oliva
  • 1 e meio litro de água com caldo de galinha

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o azeite e refogue o frango, a cebola e o alho. Acrescente os demais ingredientes e cozinhe até os legumes ficarem macios. Separe o frango, desfile e reserve. Bata o caldo com os legumes no liquidificador, junte o frango desfiado e sirva.

Sugestões de cardápios da dieta da sopa

Café da Manhã

1 xícara (chá) de café ou chá sem açúcar + 1 pão integral + geléia light de sua preferência.

ou

1 xícara (chá) de café com leite desnatado + 1 fatia de pão com cream cheese + 1 caqui.

ou

1 iogurte light + 1 xíc. (café) de café + 1 banana-nanica.

Lanche da manhã

1 barra de cereal light.

ou

1 pêra.

ou

1 iogurte light.

Almoço

Coma somente a sopa

200ml de suco natural

Lanche da tarde

1 maçã.

ou

1 iogurte light.

ou

1 sanduiche com 2 fatias de pão integral + 1 fatia de peito de peru.

Jantar

Coma somente a sopa

200ml de suco natural

Frutas permitidas na dieta: ameixa, amora, damasco, laranja, framboesa, kiwi, maçã, manga, melão, morango, pera, pêssego e uva.

Posso fazer atividades físicas durante a dieta da sopa?

Por ser uma dieta com baixo teor de calorias, o ideal é somente realizar atividades físicas leves, como caminhada. Nesses casos a melhor regra é sentir seu corpo e ver se tem condições.

Dieta Dukan – Perguntas e Respostas

Dúvidas sobre a Dieta Dukan – Perguntas e Respostas

Muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre a famosa Dieta Dukan e gostariam de fazer algumas perguntas sobre esse método de emagrecimento. Para ajudar um pouco nós separamos para você algumas perguntas e respostas das principais dúvidas que encontramos sobre a dieta do Dr. Pierre Dukan.

A dieta é dividida em quatro fases: “Ataque”, “Cruzeiro”, “Consolidação” e “Estabilização“.

Perguntas e Respostas sobre a Dieta Dukan

Por que devemos ingerir o farelo de aveia durante as quatro fases da dieta?

Durante todo o processo da dieta, devemos ingerir farelo de aveia. A proporção é a seguinte: uma colher de sopa e meia por dia na primeira fase, duas colheres na segunda, duas e meia na terceira e três colheres de sopa na última fase.

A aveia serve para reduzir o colesterol, reduzir as calorias e aumentar a saciedade.

Até quantos quilos vou perder com a Dieta Dukan?

Quantos você desejar. A Dieta Dukan não é só um processo de regime, mas também uma reeducação de hábitos alimentares para fazer você emagrecer. A duração de cada fase da dieta dependerá da quantidade de peso que você quer perder.

Como fazer a Dieta Dukan sendo vegetariano?

Apesar de ser uma dieta a base de proteínas, é possível ser feita por vegetarianos. As carnes e peixes podem ser substituídos por seita, tofu, ovos etc. Obviamente não será a mesma coisa, mas pode ser adaptada. Já para o caso de uma pessoa vegan, não teria como adaptar a dieta.

Posso comer churrasco?

Sim. Apenas de carnes magras, frango e peixes, temperados com pouco sal.

Posso beber bebidas alcoólicas?

Não é recomendado, principalmente nas duas primeiras fases da dieta. Na quarta etapa o consumo é livre, desde que seja moderado, mantendo um estilo saudável de vida.

Posso usar azeite de oliva?

Nas primeiras fases da dieta deve-se usar pouquíssimo e apenas para o cozimento dos alimentos. Já na fase final você pode usar até duas colheres de chá por dia. Lembre-se que o azeite é altamente calórico, cada grama contém cerca de 9 calorias.

Posso tomar diet shake, suco detox, whey protein etc, durante a Dieta Dukan?

Não. Apenas são liberados os alimentos listados como permitidos para cada fase.

Posso pular alguma fase da dieta?

Não. Seguir corretamente todas as fases é fundamental para o sucesso da dieta.

Posso comer frutas?

Nas primeiras duas fases não. As frutas contém frutose, o açúcar das frutas, por isso não podem ser consumidas, nem as que vem no iogurte. A partir da terceira fase podem ser consumidas com restrições.

Quais os alimentos permitidos em cada fase?

Todos os alimentos permitidos na Fase Ataque

Todo os alimentos permitidos na Fase Cruzeiro.

Todos os alimentos permitidos na Fase Consolidação

Já na fase Estabilização não há mais restrições de alimentos.

Em quais casos a Dieta Dukan não é recomendada?

Pessoas com insuficiência renal não devem seguir o cardápio da Dieta Dukan.

Possui mais dúvidas? Deixe nos comentários que na medida do possível iremos respondendo. E contamos com a ajuda de todos vocês! Boa dieta!

Dieta Dukan Fase Consolidação

Dieta Dukan: Alimentos permitidos na Fase Consolidação

Esta é a fase que irá consolidar o peso perdido na fase anterior (cruzeiro).  A duração da Fase Consolidação da Dieta Dukan dependerá da quantidade de quilos perdidos. A proporção é 10 dias para cada Kg eliminado, portanto se você perdeu 7 Kg, a fase de consolidação durará 70 dias.

Você deve dividir essa fase em duas etapas, usando o exemplo acima, a primeira etapa durará 35 dias e a segunda os 35 restantes.

Na primeira etapa você tem direito a um jantar de gala por semana, uma porção de feculentos por semana e uma fruta por dia.

Já na segunda etapa você terá direito a dois jantares de gala por semana. Eles não devem ser feitos em dias seguidos e entre os dois jantares de gala deve haver um dia de Proteína Pura. Você também tem direito a duas porções de feculentos por semana e duas fruta por dia.

Jantar de Gala: Café da manhã, almoço ou jantar livre. Nesse dia você pode preparar sua refeição livremente, incluindo sobremesa, uma taça de vinho ou uma lata de cerveja.

Feculentos: Ex. massa, batatas, lentilhas, ervilhas….

dieta dukan consolidação cardapio

Alimentos permitidos na Fase Consolidação da Dieta Dukan

Alimentos Tolerados: 3 porções diárias.

  • Proteína de soja texturizada crua (30 gramas).
  • Iogurte de soja ao natural (1 unidade).
  • Farinha de soja ou amido de milho ( 1 colher de sopa – 20 g).
  • Iogurte com fruta 0% (1 unidade).
  • Creme de leite light com no máximo 3% de gordura (1 colher de sopa).
  • Leite de soja (1 Copo – 150 ml).
  • Cacau em pó sem açúcar (1 colher de sopa).
  • Actimel Zero (1 unidade).
  • Vinho para preparar os alimentos. É importante manter a panela destampada para evaporar (3 colheres).
  • Óleo (3 gotas).
  • Molho de soja Light (1 colher de chá).
  • Leite condensado diet com até 3% de gordura (1 colher de sopa).
  • Goji Berries: (3 colheres de sopa).
  • Salsicha de frango ou peru, com no máximo 10% de gordura (100 g).
  • Semente de Chia: 1 Colher de sopa por dia, 30 min antes do café da manhã, almoço ou janta.
  • Queijo: Com no máximo 7% de gordura (30 g).
  • Polenguinho Light (1 unidade).

Dieta Dukan Fase Cruzeiro

Dieta Dukan: Alimentos permitidos na Fase Cruzeiro

A Fase Cruzeiro da Dieta Dukan é onde você ficará até atingir seu peso ideal, ela é feita em forma de rodízio, onde em um dia deve-se utilizar os alimentos permitidos nesta fase e no outro dia apenas os alimentos com proteína pura da fase Ataque.

Nesta fase os legumes e vegetais serão adicionados ao seu cardápio, o que garantirá uma refeição muito mais saudável e equilibrada.

fase cruzeiro dukan

Alimentos permitidos na Fase Cruzeiro da Dieta Dukan

Legumes: Podem ser consumidos à vontade, exceto alimentos ricos em amido como milho, batata, arroz, ervilhas, grão de bico, feijão e lentilha. Já alcachofras, beterrabas, cercefi e cenouras podem ser consumidas uma vez por semana, no máximo 200g.

Farelo de aveia: Agora é permitido até 2 colheres por dia. Dê preferência consuma no período da manhã.

Azeite: 1 colher por dia.

Alimentos Tolerados Nesta Fase

Goji Berries: (2 colheres de sopa).

Salsicha de frango ou peru, com no máximo 10% de gordura (100 g).

Semente de Chia: 1 Colher de sopa por dia, 30 min antes do café da manhã, almoço ou janta.

Queijo: Com no máximo 7% de gordura (30 g).

Polenguinho Light (1 unidade).

Farinha de soja ou amido de milho ( 1 colher de sopa – 20 g).

Proteína de soja texturizada crua (30 gramas).

Iogurte de soja ao natural (1 unidade).

Iogurte com fruta 0% (1 unidade).

Creme de leite light com no máximo 3% de gordura (1 colher de sopa).

Leite de soja (1 Copo – 150 ml).

Cacau em pó sem açúcar (1 colher de sopa).

Actimel Zero (1 unidade).

Vinho para preparar os alimentos. É importante manter a panela destampada para evaporar (3 colheres).

Óleo (3 gotas).

Molho de soja Light (1 colher de chá).

Leite condensado diet com até 3% de gordura (1 colher de sopa).

 

Lista Compras Fase Ataque

Dieta Dukan: Lista de compras para a Fase Ataque

dieta dukan fase ataque receitas

No início de uma dieta, ou de uma etapa dela, sempre surgem muitas dúvidas, principalmente no que devemos comprar. Mesmo após saber os alimentos permitidos, fica um pouco difícil na hora de escolher o que levar no supermercado.

Cada vez mais pessoas estão aderindo a Dieta Dukan, e como está é dividida em quatro fases, sempre surgem muitas dúvidas do que comprar para cada uma delas. Hoje vamos falar mais sobre a primeira fase da dieta, denominada Ataque.

Antes de mais nada, confira os alimentos permitidos na fases Ataque da Dieta Dukan.

Com isso em mente vamos montar uma lista de sugestão de compras.

Lembre-se de sempre ir ao supermercado após ter feito uma refeição. Isso ajudará a não sair da dieta, pois ir a um lugar cheio de tentações com a barriga vazia não é uma boa ideia.

Lista de compras para a Fase Ataque da Dieta Dukan

Carnes e ovos:

  • Ovos
  • Frango (peito sem pele)
  • Postas de peixe
  • Atum enlatado light
  • Carne bovina magra: bifes e moída
  • Kani Kama

Frios e lacticínios:

  • Queijo fresco magro
  • Queijo Cottage 0% gordura
  • Requeijão 0% gordura
  • Peito de peru light
  • Presunto magro
  • Iogurte 0% gordura (sem sabor e sem pedaços de frutas)
  • Leite desnatado
  • Tofu (queijo de soja)

Farelos:

  • Farelo de aveia (obrigatório)
  • Proteína isolada de soja (Opcional)
  • Farelo de trigo (opcional)

Bebidas

  • Refrigerantes com baixas calorias. Light ou zero açúcar.
  • Suco em pó light.

Complementos:

  • Adoçante
  • Fermento em pó
  • Gelatina zero
  • Condimentos, temperos e especiarias: vinagre, molho de soja, ervas aromáticas, limão, canela, orégano, etc.

Dieta Dukan Fase Ataque

Dieta Dukan Fase Ataque : Alimentos Permitidos na Fase Ataque

A primeira fase da Dieta Dukan, chamada Ataque, é a mais curta e que mexe mais com seu metabolismo. Basicamente você ingerirá proteínas magra, mas não passará fome, visto que pode consumir os alimentos permitidos sem limitação, exceto laticínios, ovos, fibra de trigo e o farelo de aveia (que serve para aumentar a sensação de saciedade). Essa fase irá preparar seu organismo para a fase Cruzeiro, onde você ficará até chegar ao peso desejado.

dieta dukan fase ataque

Dieta Dukan fase ataque

Carnes magras: Carne moída com até 10% de gordura, alcatra, acém, músculo, patinho, etc. Lembre-se de retirar toda a gordura visível.

Aves sem pele (exceto pato e ganso).

Vísceras: Fígado e rim. Porém esses alimentos são ricos em colesterol, então devem ser consumidos no máximo uma vez por semana.

Vitela grelhada.

Frutos do mar: Camarão, lula e marisco.

Peixes (todos sem exceção).

Presunto magro: Frios de baixo teor de gordura e sem pele (entre 2 e 3% de gordura).

Laticínios: Devem ser magros, ricos em proteína e desprovidos de gordura, como o leite desnatado, cream cheese, queijo cottage de baixo teor de gordura, iogurte 0% de sabor natural, queijo fresco e requeijão de até 4.5% de gordura. Já os laticínios com percentual de gordura superior a 7% são considerados tolerados, porém deve-se ingerir no máximo porção de 30 gramas.

Proteínas vegetais: Tofu ( no máximo 8% de gordura), konjac e seitan.

dieta dukan fase ataque receitas

Ovos: No máximo 2 unidades diárias.

Líquidos: Água, chá, café, refrigerantes com até 1 caloria por lata, porém não beba mais que 3 latas por dia. O ideal é ingerir, no mínimo, 2 litros de água por dia.

Complementos: adoçante (no máximo 10 colheres por dia). Adoçantes autorizados e indicados: sucralose, também conhecido como Splenda nos Estados Unidos ou E955, Hermesetas, Canderel, xilitol (extrato de bétula), Taeq, Stevia, Tal & Qual (muito bom para o cozimento) e a sacarose Maltitol.

Suco em pó light.

Gelatina zero (½ Pacote por dia).

Farelo/Fibra de trigo: Apenas 1 colher por dia. É recomendado para quem tem prisão de ventre.

Farelo de aveia: 1 colher e meia de sopa por dia (de preferência, consumir pela manhã).

Farinha de glúten: No máximo 100g por dia, três vezes por semana.

Chicletes e balas sem açúcar: É recomendado mastigar no máximo 5 por dia.

Temperos e condimentos: vinagre, limão (para temperar), ervas e especiarias, cebola (apenas como tempero), alho, conservas (apenas como condimento), sal e mostarda (uso moderado, devido à retenção de água).

Os alimentos que não estão na lista ficam proibidos nesta primeira fase da dieta. Veja também uma sugestão de lista de compras para a Fase Ataque.

Dieta Dukan Fases

Dieta Dukan Fases para emagrecer com saúde

Criada pelo francês Pierre Dukan, autor do livro “Eu não consigo emagrecer”, a Dieta Dukan Fases ficou famosa e passou a ser a queridinha da mulherada após algumas celebridades a terem adotada.

dieta dukan

Para que a Dieta Dukan Fases, também conhecida como dieta francesa das proteínas, funcione corretamente é necessário que você esteja preparada para uma mudança, não só em sua alimentação, como em sua rotina diária.

E essa mudança de rotina e comportamento é importante, pois a dieta promete não somente uma perda de peso durante o regime, mas também a manutenção do peso por toda sua vida.

A dieta Dukan pode parecer um pouco como a famosa Dieta de Atkins, criada em 1960 nos Estados Unidos, porém com uma proposta muito mais saudável.

Veja o que você precisa saber antes de iniciar sua Dieta Dukan.

  • Exercícios são obrigatórios para que a dieta funcione corretamente.
  • Diminua o máximo possível a ingestão de sal, pois ele retém líquidos e dificulta o emagrecimento.
  • Como sempre, a hidratação é super importante. Beba pelo menos 2 litros de água diariamente.
  • Dê adeus as bebidas alcoólicas.
  • Gorduras não são permitidas.

Dieta Dukan fases – 4 Fases

dieta dukan fases

A Dieta Dukan Fases  é composta de 4 fases, sendo duas para perder peso e duas para estabilizar e manter o peso alcançado.

1ª Fase – Ataque

Na primeira fase você deve ingerir apenas carnes magras como frango e peixe, além de porções moderadas de queijo, ovo, leite desnatado e iogurte sem gordura. Essa fase pode durar de um a cinco dias (ou até mais, veja abaixo como calcular) e você conseguirá perder até 2 quilos. Nessa fase você pode comer carnes magras à vontade, além de ingerir 1 colher e meia de farelo de aveia diariamente, porém se preferir, segue uma sugestão de cardápio.

Café da manhã: 3 fatias de presunto magro ou presunto de frango + 2 fatias de queijo minas frescal 0% gordura + 1 xícara (chá) de café com leite desnatado (com adoçante se preferir).

Lanche da Manhã: 2 fatias de queijo minas frescal 0% gordura ou 2 fatias de ricota.

Almoço: 1 filé de peito de frango com 2 fatias de queijo frescal 0% + 1 ovo mexido.

Lanche da tarde: 2 fatias de presunto magro + 1 fatia média de queijo branco 0% gordura + 1 xíc. (café) de café preto (com adoçante, nada de açúcar)

Jantar: 1 medalhão de alcatra (150 g) temperado com ervas e grelhado + 2 fatias de queijo branco 0% gordura

Ceia: 1 ovo cozido

Essa é apenas uma sugestão, mas os seguintes alimentos estão liberados nesta fase:

  • Peixes.
  • Carne magra grelhada, assada ou cozida.
  • Carne branca.
  • Marisco, camarão e lula.
  • Laticínios: iogurte 0% gordura, queijo e leite desnatado. Apenas duas porções por dia no máximo.
  • Frios: peito de peru light, presunto de frango e presunto magro.

– Todos os alimentos permitidos na Fase Ataque

Como calcular quantos dias da fase de ataque?

Esta é uma fase em que a dieta pega seu metabolismo de surpresa e por isso a perda de peso é bastante rápida. Porém esta fase não pode ser prolongadas por muitos dias devido a falta de vitaminas e fibras.

Para calcular quantos dias a fase vai durar é necessário saber quantos quilos você deseja perder ao final da dieta:

  • Até 4,5kg: 1 a 2 dias de fase ataque.
  • Até 9kg: 3 a 4 dias de fase ataque.
  • Até 18kg: 5 a 6 dias de fase ataque.
  • Mais de 18kg de 7 a 10 dias de fase ataque.

*Uma fase de ataque acima de 6 dias só deve ser iniciada após consulta médica.

Durante a fase de ataque o ideal é que você faça 20 minutos de caminhada por dia.
Veja também:

2ª Fase – Cruzeiro

Esta fase dura até você atingir o peso desejado. Nela será inserida legumes e verduras em sua dieta. Ela deve ser feita por meio de rodízio entre o cardápio da 2ª e 1ª fase. Ou seja, um dia com a inclusão de legumes e verduras e outro apenas com proteína pura. Durante essa fase você deve ingerir duas colheres de farelo de aveia por dia.

Sugestão de cardápio da segunda fase.

Café da manhã: 2 fatias de peito de peru light e 1 fatia de queijo branco 0% de gordura + 1 xíc. (chá) de leite desnatado com 1 col. (chá) de cacau em pó sem açúcar + 1 potinho de leite fermentado zero (tipo Actimel).

Lanche da manhã: 2 fatias de rosbife

Almoço: 1 prato (raso) de salada de rúcula e tomate (tempere com sal e vinagre) + 3 col. (sopa) de carne moída cozida com vagem e cenoura em cubos .

Lanche da tarde: 3 fatias médias de tofu (ou ricota) grelhadas com salsinha + 4 kanis kama.

Jantar: 2 fatias de peito de peru assado + 1 prato (raso) de broto de feijão com vinagrete (sem óleo) + 3 col. (sopa) de berinjela refogada com cebola.

Ceia: 1 taça de gelatina diet.

No outro dia utilize o cardápio ou monte um só com os alimentos permitidos da fase de ataque. E continue assim alternando até atingir o peso desejado.

Durante a fase cruzeiro o ideal é que você faça 30 minutos de caminhada por dia.

 – Todo os alimentos permitidos na Fase Cruzeiro.

3ª Fase – Consolidação

Agora que você chegou ao peso desejado é hora de consolidá-lo. A duração dessa fase dependerá da quantidade de peso perdido. São 10 dias para cada Kg eliminado, ou seja, se você perdeu 5Kg, a fase de consolidação durará 50 dias.

Apesar de ser uma fase demorada, nela voltará ao seu cardápio alimentos como arroz, pão e frutas. Nesta fase você pode comer as proteínas da fase 1 e os vegetais da fase 2 sem a necessidade de alternância, exceto nas 5ª feiras, que serão chamadas de 5ª da proteína. Todas as quintas-feiras você deve comer apenas as proteínas puras da primeira fase. Durante essa fase você deve ingerir duas colheres e meia de farelo de aveia por dia.

Sugestão de cardápio da terceira fase:

Café da manhã: 2 torradas integrais com requeijão light + 1 copo de leite de soja light + 1 manga média em pedaços.

Lanche da manhã: 3 fatias de chester defumado

Almoço: 3 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé de peixe com molho de tomate + 2 col. (sopa) de salada de grão-de-bico + 1 prato (raso) de salada de alface americana e chicória.

Lanche da tarde: 2 fatias de presunto magro + 2 fatias de queijo minas light.

Jantar: 1 fatia grande de carne assada + 3 col. (sopa) de abobrinha refogada com tomate + 1 prato raso de salada de rúcula com palmito.

Ceia: 2 fatias de queijo minas light.

Alimentos permitidos na Dieta Dukan Fases:

  • 2 porções semanais de carboidratos complexos: arroz integral e batata (3 colheres de sopa);  polenta (1 fatia média), lentilha, feijão, ervilha seca ou grão-de-bico (4 colheres de sopa); massa integral ou grano duro (1 escumadeira).
  • 1 porção de fruta por dia, exceto cereja, banana, abacate e castanha. Para frutas de tamanho médio (maça, pêra, laranja) considere porção uma unidade. Já para frutas maiores e menores considere uma fatia de melão, mamão, etc; uma taça de morangos, uvas, etc.
  • 2 fatias de pão integral por dia. Você pode utilizar um pouco de margarina ou manteiga light.
  • 40 gramas de queijo prato, provolone, emmenthal ou guyère. Queijos brancos só com menos de de 20% de gordura.

A fase Consolidação é dividida em duas etapas. Vamos usar o exemplo da duração citado acima, se a fase durar 50 dias, ela terá uma etapa com 25 dias e a segunda etapa com os outros 25 dias.

Na primeira etapa você tem direito a um jantar de gala por semana, uma porção de feculentos por semana e uma fruta por dia.

Já na segunda etapa você terá direito a dois jantares de gala por semana. Eles não devem ser feitos em dias seguidos e entre os dois jantares de gala deve haver um dia de Proteína Pura. Você também tem direito a duas porções de feculentos por semana e duas fruta por dia.

Jantar de Gala: Café da manhã, almoço ou jantar livre. Nesse dia você pode preparar sua refeição livremente, incluindo sobremesa, uma taça de vinho ou uma lata de cerveja.

Feculentos: Ex. massa, batatas, lentilhas, ervilhas….

 – Todos os alimentos permitidos na Fase Consolidação

Durante a fase de consolidação o ideal é que você faça 25 minutos de caminhada por dia.

4ª Fase – Estabilização

Esta fase durará por toda a sua vida! A partir de agora nada mais é proibido, sua alimentação voltara ao normal. Porém uma vez por semana você deve repetir um cardápio da fase de ataque. Coma também três colheres de sopa de farelo de trigo e de aveia por dia, isso garantirá uma boa dose de fibras que manterão seu intestino saudável, além de ajudar a saciar a fome.

Durante a fase de estabilização o ideal é que você faça pelo menos 20 minutos de caminhada por dia.

Dúvidas sobre a Dieta Dukan Fases

Posso comer churrasco?

Sim. De carnes magras e frango e com pouquíssimo sal.

Posso tomar Diet Shake?

Não. Somente os alimentos permitidos.

Posso pular alguma fase?

De maneira nenhuma! Seguir corretamente todas as fases é fundamental para sua dieta.

Se eu não resistir e acabar comendo algo proibido, devo começar a dieta do zero novamente?

Não. Continue normalmente, sem diminuir sua alimentação no dia seguinte para compensar.